Reunião Mensal

” Nesta quarta-feira, 10 de maio, tivemos a reunião mensal do Grupo de Mulheres do Horto Medicinal Aroma Flor, na casa da Srª Anita ludwig. Tivemos uma reflexão sobre a importância das Plantas Medicinais da antiguidade até hoje. A oficina do dia foi sabonete medicinal artesanal. ”

 

Bucha

Também chamada de bucha dos paulista, bucha dos pescadores e esponja vegetal. A bucha é uma planta trepadeira de folhas grandes verde escuro, flores amarelas, o fruto pode chegar até 50 cm de comprimento, cilíndrico, amarelo quando maduro e castanho quando seco. Indicado como purgativo e vermífugo. caule e folhas para pertubações do figado, prisão de ventre e anemia. Outra indicação é que é bastante utilizado como esponja de banho e também para no artesanato.

 

Crotalária ( Juncea )

Crotalária é uma leguminosa de flor amarela, plantada após a retirada das plantações em lavouras, um tipo de adubação verde, além disso ela é um repelente natural de combate ao mosquito causador da dengue. com o plantio da crotalária, nos jardim e quintais das casas, a libélula, que busca colocar seus ovos em água parada, assim como o mosquito Aedes Aegypti, vai depositar seus ovos, essas lavas se alimentam das lavas do mosquito transmissor da dengue, acabando com aquele foco. O mesmo acontece com a Libélula adulta, ela é predadora e se alimenta de pequenos insetos inclusive o Aedes Aegypti.

Sálvia

Antes de Cristo já se dizia: ” De que pode morrer o homem tendo um pé de sálvia a sua porta”. o chá das folhas é contra a gripe,resfriados, todo tipo de febres, problemas digestivos, gases intestinais, dor nos membros, estimulante dos nervos. Faz aumentar a capacidade intelectual, combate as cólicas menstruais, deficiências cardíacas, deficiências ovarianas, fortalece o útero, anti-abortivo, tem ação sobre o pâncreas em caso de diabetes. Entre muitas outras indicações.

Encontro Mensal

” Nesta quarta-feira dia 12 de Abril de 2017, o grupo de Mulheres do Horto Aroma Flor se reuniram para o encontro mensal na casa da Senhora Teresa Grützmann. Encontro muito produtivo, onde refletimos com um material de estudos produzidos pelo M.M.C. Assunto relacionados as Assembleias que vão ocorrer neste ano.

Relato de Voluntários: Darlin

No ano passado, nessa mesma época tive o imenso prazer de conviver durante 1 mês no Horto Medicinal Aroma Flor, na cidade de Palmitos em Santa Catarina, contribuindo com trabalho diário e absorvendo experiências que me proporcionaram grandes mudanças na forma de ver e sentir o mundo. Acordar com a cantiga do galo; tomar chimarrão, ouvindo o anúncio dos nomes daqueles que haviam nascido e daqueles que haviam morrido; molhar as plantas; cuidar dos animais; dançar bandinha nos CTGs; caminhar trilha adentro para colher frutos são apenas algumas das atividades que eu costumava realizar em meio a uma conversa e outra sobre as condições política do país, sobre o iminente impeachment da presidente Dilma e principalmente sobre o papel da mulher nesse cenário caótico. Edel  Schneider, a mulher que me acolheu no seu horto, é participante ativa do Movimento de Mulheres Camponesas em sua região e sua grande missão é contribuir para que as mulheres retomem suas relações com as plantas, a fim de se curarem, curarem umas as outras e curarem à Terra. Compartilho aqui algumas imagens dos dias que passei no horto, para aqueles que se interessam pelo projeto possam compreender um pouquinho mais do que se trata. Também estou à disposição inbox para aqueles que desejam saber um pouco mais sobre a (TCI) Terapia Comunitária Integrativa

Conhecer, recuperar, valorizando o saber popular.

Darlene Teles

Encontro Mensal

” O grupo de Mulheres do Horto Aroma Flor, começou suas atividades no dia 08 de fevereiro de 2017, na casa da Srª Nair Quinot. Começamos o ano muito motivadas, fizemos uma avaliação do ano que passou, explanação com fotos dos encontros de 2016 e amigo secreto para integração das participantes.”