Relato de Voluntários: Darlin

No ano passado, nessa mesma época tive o imenso prazer de conviver durante 1 mês no Horto Medicinal Aroma Flor, na cidade de Palmitos em Santa Catarina, contribuindo com trabalho diário e absorvendo experiências que me proporcionaram grandes mudanças na forma de ver e sentir o mundo. Acordar com a cantiga do galo; tomar chimarrão, ouvindo o anúncio dos nomes daqueles que haviam nascido e daqueles que haviam morrido; molhar as plantas; cuidar dos animais; dançar bandinha nos CTGs; caminhar trilha adentro para colher frutos são apenas algumas das atividades que eu costumava realizar em meio a uma conversa e outra sobre as condições política do país, sobre o iminente impeachment da presidente Dilma e principalmente sobre o papel da mulher nesse cenário caótico. Edel  Schneider, a mulher que me acolheu no seu horto, é participante ativa do Movimento de Mulheres Camponesas em sua região e sua grande missão é contribuir para que as mulheres retomem suas relações com as plantas, a fim de se curarem, curarem umas as outras e curarem à Terra. Compartilho aqui algumas imagens dos dias que passei no horto, para aqueles que se interessam pelo projeto possam compreender um pouquinho mais do que se trata. Também estou à disposição inbox para aqueles que desejam saber um pouco mais sobre a (TCI) Terapia Comunitária Integrativa

Conhecer, recuperar, valorizando o saber popular.

Darlene Teles

Advertisements

One thought on “Relato de Voluntários: Darlin

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s